Passaporte
Compre aqui
Aberto

De segunda a sábado
Das 10 às 18h

Preços:  

De segunda a sábado: Inteira R$ 20,00/ Meia Entrada R$ 10,00

Informações

(54) 3905-4811
das 10 às 18h
contato@museufestivalcinema.com.br

Filmes mais premiados

Home / O Festival / Filmes mais premiados

Você consegue imaginar um mundo sem as histórias contadas pelo cinema? Impossível! Ainda mais quando se trata do nosso cinema latino-americano, que não só conta histórias, como encanta milhões de telespectadores pelo mundo todo! Trilhada de poesia visual, arte, paixão, drama, comédia e muita ação, podemos afirmar que a cinematografia brasileira e latina possui produções do mais altíssimo nível, contando em suas entrelinhas um pouco da nossa história e cultura. Além disso, possui roteiros reconhecidos e eternizados através das indicações e dos prêmios merecidamente recebidos.

Faça parte dessa história. Encante-se e surpreenda-se com a história do cinema que você encontrará no #MFCG.

Confira a lista dos filmes mais premiados da nossa cinematografia e do cinema latino-americano e quais suas indicações e premiações mais destacadas ao longo desses 44 anos do Festival de Cinema de Gramado:

1973
  • Toda Nudez Será Castigada

  • 5 prêmios
  • Diretor, Arnaldo Jabor
  • Herculano é um viúvo conservador, que jura a seu filho Serginho que nunca terá uma outra mulher. No entanto, apaixona-se por uma prostituta, Geni, que conhece através de seu irmão Patrício, interessado em que Herculano volte a sustentar seus vícios de bebida e mulheres. Quando resolve se casar com Geni, gera uma série de conflitos em sua família, entre eles a prisão de Serginho por uma briga de bar. Desesperada, Geni se suicida, deixando uma fita gravada narrando toda a história para Herculano.
    Elenco: Paulo Porto, Darlene Glória, Paulo Sacks, Paulo César Pereio.
    Prêmios em Festivais: Festival de Berlim (Alemanha), Festival de Gramado, Troféu APCA.
     

Mais atores premiados

1974
  • Vai Trabalhar Vagabundo

  • 7 prêmios
  • Diretor, Hugo Carvana
  • Malandro carioca sai da prisão e, sem dinheiro, utiliza seu talento para trambiques. Preocupado com o fim da malandragem carioca, planeja uma revanche entre os dois maiores jogadores de sinuca da época, Russo e Babalu. Porém, Russo está internado em um hospício desde sua última derrota, e Babalu agora é um trabalhador controlado de perto pela esposa Vitória, o "prêmio" da disputa com Russo.
    Elenco: Hugo Carvana, Odete Lara, Paulo César Peréio, Nelson Xavier, Rose Lacreta, Roberto Maya.
    Prêmios em Festivais: Festival de Gramado, Instituo Nacional de Cinema, Festival de Messina (Itália), Festival de Taormina (Itália).
     

Mais atores premiados

1975
  • O Amuleto de Ogum

  • 2 prêmios
  • Diretor, Nelson Pereira dos Santos
  • Violeiro cego conta a história de menino cujo pai e irmão foram assassinados e que, a pedido da mãe, vai a um terreiro de umbanda para fechar o corpo. Crescido, envolve-se com o crime e a contravenção na Baixada Fluminense (RJ), até se envolver com amante de bicheiro e é jurado de morte — mas conta com a proteção do amuleto de Ogum.
    Elenco: Ney Santanna, Anecy Rocha, Joffre Soares, Maria Ribeiro, Emmanuel Cavalcanti.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cannes (França), Festival de Gramado, Associação Paulista dos Críticos de Arte – APCA.
     

Mais atores premiados

1976
  • O Predileto

  • 7 prêmios
  • Diretor, Roberto Palmari
  • Totonho Pacheco, velho oligarca do interior mineiro, mesmo com a fazenda arruinada, insiste em morar no velho casarão da propriedade com a mulher. Após a morte dessa, seu filho, casado e advogado, convida-o para morar com ele na capital. Totonho mostra-se relutante, pois seu relacionamento com o filho e a nora é difícil. Mas acaba aceitando. Na cidade, o coronel passa a frequentar uma pensão de mulheres. Esclerosado, resolve casar com sua companheira de bordel.
     Elenco: Jofre Soares, Othon Bastos, Suzana Gonçalves, Fernando Peixoto, Abrahão Jacob Farc, Célia Camargo.
     Prêmios em Festivais: Festival de Gramado, Associação Paulista dos Críticos de Arte – APCA.
     

Mais atores premiados

1977
  • À Flor da Pele

  • 4 prêmios
  • Diretor, Francisco Ramalho Jr.
  • O autor de telenovelas, Marcelo Fonseca, casado e pai de uma filha, é amante de Verônica, sua aluna. A relação entre os dois deteriora-se e ele discute com a moça durante a prova final, reprovando-a e ao seu namorado, Toninho. Desesperada, Verônica embriaga-se e acaba se envolvendo em uma situação em que é espancada. É internada num hospital, onde fica sabendo que estava grávida e sofrera um aborto. Sozinha e amargurada, decide vingar-se de Marcelo e revela a sua esposa que os dois são amantes. Isaura, esposa, entra em estado de choque e tenta o suicídio.
     Elenco: Denise Bandeira, Juca de Oliveira, Beatriz Segall, Ewerton de Castro, Sérgio Hingst, Sérgio Mamberti, Maiara de Castro, Jonas Bloch.
     Prêmios em Festivais: Festival de Gramado, Prêmio Air France de Cinema.
     

Mais atores premiados

1978
  • Doramundo

  • 3 prêmios
  • Diretor, João Batista de Andrade
  • Em 1939, em pleno Estado Novo, vários operários da Rede Ferroviária de São Paulo, então propriedade de um conglomerado multinacional com sede em Londres, são misteriosamente assassinados. A polícia, impotente para descobrir os assassinos, recebe ajuda de elementos de segurança da companhia inglesa que explora a rede ferroviária. Os crimes, no entanto, permanecem insolúveis e há suspeitas, inclusive, de que a própria companhia estaria interessada em manter um clima de terror entre os operários para diminuir a força de suas reivindicações sociais.
     Elenco: Rolando Boldrin, Antônio Fagundes, Irene Ravache, Armando Bogus, Sergio Hingst, Rodrigo Santiago, Denoy de Oliveira, Fernando Peixoto.
     Prêmios em Festivais: Festival de Gramado.
     

Mais atores premiados

1979
  • Raoni

  • 5 prêmios
  • Diretores, Luiz Carlos Saldanha e Jean-Pierre Dutilleux
  • Documentário mostra como o avanço da civilização branca é fatal para os nossos índios e como suas reivindicações junto à Fundação Nacional do Índio (FUNAI) não sensibilizam as autoridades. O filme documenta também o cotidiano da tribo Mekronoti com seus ritos, suas danças, seus costumes e sua organização social. Registra também o encontro de Raoni, chefe dos Mekronoti, Aritana e os outros chefes de nações indígenas com representantes da FUNAI. O filme mostra também a ida de Raoni e do sertanista Cláudio Villas Boas à cidade de São Paulo.
     Elenco: Raoni, Cláudio Vilas-Boas, Clive Kelly, Aritana e as Nações Indígenas do Parque do Xingu, Marlon Brando (narrador na versão inglesa), Paulo César Peréio (narrador na versão em português).
     Prêmios em Festivais: Festival de Gramado, XXVI Festival Internacional de Cinema de São Francisco (EUA).

     

Mais atores premiados

1980
  • Gaijin – Caminhos da Liberdade

  • 10 prêmios
  • Diretora, Tizuka Yamasaki
  • A fome, o desemprego e o espírito de aventura despertado pela vitória na guerra contra a Rússia, levam milhares de japoneses à busca de novos caminhos, outros países, na tentativa de solucionar seus problemas. Cerca de oitocentos embarcam para o Brasil em 1908, durante o período da expansão cafeeira. Yamada e Kobayashi resolvem deixar o Japão. No Brasil, eles são contratados para trabalhar na fazenda Santa Rosa, de propriedade de Dr. Heitor de Oliveira, que à frente de dificuldades com a mão-de-obra dos imigrantes europeus, toma, então, a decisão pioneira de utilizar japoneses nos seus cafezais. Para esses imigrantes, o que importa é receber o pagamento pela primeira colheita. Julgam eles ser este dinheiro a garantia para em breve retornarem ricos ao Japão. Este sonho é, porém, violentado. Sem alternativa, os japoneses sofrem as consequências de uma vida quase animal.
     Elenco: Kyoko Tsukamoto, Jiro Kawarasaki, Antônio Fagundes, Gianfrancesco Guarnieri, Álvaro Freire, Carlos Augusto Strazzer, Keniti Kaneko, José Dumont, Louise Cardoso, Yuriko Oguri.
     Prêmios em Festivais: Festival de Cinema de Gramado, Prêmio George Sadoul (França), IV Festival do Cinema Feminino (Bélgica), XXXIII Festival de Cinema de Cannes (França), II Festival de Cinema Latino-americano (Cuba), Film-Expo-Filmex (EUA).

Mais atores premiados

1981
  • Cabaret Mineiro

  • 7 prêmios
  • Diretor, Carlos Alberto Prates Correia
  • Homem viaja de trem pelo interior de Minas Gerais e no caminho se relaciona com novos amores e também reencontra alguns dos antigos.
     Elenco: Nelson Dantas, Tamara Taxman, Tânia Alves, Louise Cardoso, Eliene Narduchi, Helber Rangel, Luiza Clotilde.
     Prêmios em Festivais: Festival de Gramado.
     

Mais atores premiados

1982
  • Pra Frente Brasil

  • 2 prêmios
  • Diretor, Roberto Farias
  • Em 1970, na época dos anos de chumbo e do dito "milagre econômico", o Brasil vibra com a Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo sediada no México. Enquanto isso, prisioneiros políticos são torturados por agentes da repressão oficial e inocentes também acabam sendo vítimas dessa violência. Jofre Godoi da Fonseca é um pacato trabalhador de classe média, casado com Marta, com quem tem dois filhos. Miguel, seu irmão, goza dos mesmos privilégios que ele, apesar de amar Mariana, uma guerrilheira de esquerda. Quando Jofre divide um táxi com um militante de esquerda, é tido como "subversivo" pelos órgãos de repressão. É preso e submetido a inúmeras sessões de tortura. Miguel e Marta tentam encontrá-lo através dos meios legais, mas se deparam com a relutância da polícia em investigar o desaparecimento. Com o telefone grampeado, Miguel recebe Mariana em casa, ferida após um fracassado assalto a banco. É quando ele fica sabendo da atuação de um grupo de repressão política patrocinado por empresários. Enquanto isso, Jofre consegue fugir de seu cativeiro, mas é alcançado por seus algozes, que assistiam à cena escondidos. Retornando ao cativeiro, o inocente acaba morrendo ao som dos gols do jogo Brasil versus Itália e da marchinha do tricampeonato, "Pra frente, Brasil".
     Elenco: Reginaldo Farias, Antônio Fagundes, Natália do Vale, Elizabeth Savalla, Carlos Zara, Cláudio Marzo.
     Prêmios em Festivais: Festival de Gramado.

Mais atores premiados

1983
  • Sargento Getúlio

  • 5 prêmios
  • Diretor, Hermano Penna
  • Sargento Getúlio leva um preso, inimigo político do seu chefe, de Paulo Afonso a Aracajú. O velho carro crivado de balas bamboleia na péssima estrada do sertão sergipano de fins dos anos 40. Amaro, o motorista, e o preso escutam o falar sem fim do velho sargento. A viagem segue até o momento em que emissários vindos da Capital informam a Getúlio que as coisas mudaram. Uma reviravolta completa no panorama político. O preso torna-se um incômodo para o seu chefe. Sem entender as mudanças, obstinado na lealdade ao chefe, não aceita as contra ordens. Perseguido e abandonado, Getúlio luta contra tudo e contra todos. Ao mesmo tempo, viaja em seu interior procurando respostas para o seu drama. Vê na confirmação da viagem seu único sentido de existência.
     Elenco: Lima Duarte, Orlando Vieira, Inêz Maciel, Fernando Bezerra, Flávio Porto, Antonio Leite.
     Prêmios em Festivais: Festival de Gramado.

Mais atores premiados

1984
  • O Baiano Fantasma

  • 4 prêmios
  • Diretor, Denoy de Oliveira
  • Nordestino vai para São Paulo esperando melhorar de vida, mas acaba se tornando o cobrador de uma quadrilha que vende proteção pessoal às pessoas. Durante uma cobrança, um devedor tem um ataque do coração e morre, sendo que desse momento em diante a polícia tenta capturar o "baiano fantasma".
     Elenco: José Dumont, Regina Dourado, Luiz Carlos Gomes, Rafael Carvalho, Paulo Hesse.
     Prêmios em Festivais: Festival de Gramado.
     

Mais atores premiados

1985
  • Marvada Carne

  • 11 prêmios
  • Diretor, André Klotzel
  • Nhô Quim vive lá nos cafundós e leva aquela vidinha besta no meio do mato em companha do cachorro e da cabra de estimação. Aquilo, francamente, não dá pé e Nhô Quim resolve arranjar uma boa moça para o casório e comer tal carne de boi. Na casa de Nhô Totó e Nhá Policena, a filha, Sá Carula, está em conflito com Santo Antônio que não anda colaborando para ela arranjar um bom partido. Nhô Quim fica por ali, trabalhando na roça e logo a moça descobre os seus desejos. E faz chegar aos ouvidos dele que Nhô Totó tem um boi reservado para a ocasião do casamento da filha. Nhô Quim, juntando o útil ao agradável, resolve pedi-la em casamento. O pai consente, só que antes o noivo tem que passar por algumas provas para testar a sua esperteza e argúcia. O tempo passa e a vidinha cai no remanso, a filharada vai crescendo e aquela vontade lá dentro nunca resolvida. Ele tem que comer carne de boi! Enfim, toma a decisão. Arranja dinheiro ao enganar o Tinhoso e se manda para a cidade grande disposto a finalmente realizar o seu grande desejo. Atuações divertidíssimas, cenas hilárias e um final apoteótico, vale muito conferir o azarão da edição 13 do Festival de Cinema Brasileiro de Gramado.
    Elenco: Adilson Barros, Fernanda Torres, Lucélia Machiavelli, Dionísio Azevedo, Genny Prado e Regina Casé.
    Prêmios em Festivais: Festival de Gramado.

Mais atores premiados

1986
  • O Homem da Capa Preta

  • 3 prêmios.
  • Diretor, Sérgio Rezende
  • O filme é inspirado na vida de Tenório Cavalcanti, controvertido personagem da vida política brasileira. Nascido no sertão nordestino, desde a infância conviveu com a violência, tendo assistido ao assassinato de seu pai. Fugiu par ao Rio de Janeiro onde, com a famosa capa preta escondendo a metralhadora “Lurdinha”, construiu uma lenda, ganhou poder, fortuna e muitos inimigos que deixaram em seu corpo as marcas de 47 balas. Esse homem do povo, político popular nos anos 40 e 50, conquistava o voto dos humildes e miseráveis que viam nele um defensor e justiceiro. A Luta Democrática, jornal que ele fundou, chegou a ser o mais vendido no Rio de Janeiro. Por outro lado, sua figura mítica arrebatava o povo nos comícios que promovia e chocava a classe média e a elite política do país. Apesar de ter sido um anticomunista, aliou-se às forças populares que apoiavam o governo de João Goulart, sendo cassado em 1964. Com um enredo denso, contudo muito interessante e com uma produção correta merece outro capítulo especial em nossa cinematografia.
    Elenco: José Wilker, Marieta Severo, Jonas Bloch, Carlos Gregório, Paulo Villaça, Tonico Pereira.
    Prêmios em Festivais: Festival de Gramado, Festival de Moscou (Rússia).

Mais atores premiados

1987
  • Anjos do Arrabalde

  • 3 prêmios.
  • Diretor, Carlos Reichenbach
  • Um drama bastante denso que mostra o cotidiano de quatro mulheres da periferia de São Paulo, as quais passam por dificuldades na vida pessoal e profissional: Carmo decide largar o magistério devido à pressão de seu marido machista. Dália, que sustenta seu irmão, dependente químico, enfrenta o preconceito em função de um relacionamento mantido com um homem casado. Já, Rosa está desiludida com a profissão e Aninha, uma manicure, tem uma vida de recheada de tragédias. Com uma atuação exuberante de Betty Faria, agraciada com o Kikito de Melhor Atriz – dividido com Marília Pêra nesta ocasião –, o filme é uma mostra de resistência da mulher brasileira.
    Elenco: Betty Faria, Clarice Abujamra, Irene Stefania, Vanessa Alves, Emilio Di Biasi, Ricardo Blat e José de Abreu.
    Prêmios em Festivais: Festival de Gramado.

Mais atores premiados

1988
  • A Dama do Cine Shangai

  • 7 prêmios.
  • Diretor, Guilherme de Almeida Prado
  • Produção que representa um dos grandes destaques do cinema nacional nos anos 80. O filme narra a história de Lucas, um corretor de imóveis, que, ao acaso, entra em um velho cinema de São Paulo. Dentro da sala ele conhece provocante Suzana, uma mulher com uma fisionomia muito parecida com a da atriz que está no filme em exibição. Sedutora e misteriosa, essa mulher, casada com Desdino, recusa as investidas de Lucas em tentar conquistá-la. Quando é injustamente acusado de assassinato, Lucas passa a buscar o verdadeiro autor do crime. No entanto, quanto mais investiga mais as pistas levam a Suzana e Desdino. Um suspense muito bem construído e com um elenco fabuloso. Confira e surpreenda-se também!
    Elenco: Maitê Proença, Antônio Fagundes, Paulo Villaça, José Mayer, José Lewgoy, Miguel Falabella, Jorge Dória.
    Prêmios em Festivais: Festival de Gramado, Festival de Bogotá (Colômbia) e Prêmio Molière.

Mais atores premiados

1989
  • A Festa

  • 6 prêmios.
  • Diretor, Ugo Giorgetti
  • O filme do diretor paulistano Ugo Giorgetti nos introduz a uma festa bastante peculiar – para não classificar como exótica. Na ocasião, foram contratados para animar tal festa em uma mansão grã-fina um tocador de gaita, um jogador de sinuca e o velho assistente desse. Eles devem aguardar serem chamados, permanecendo, enquanto isso, no salão de jogos da casa, sem serem admitidos ao andar superior, onde transcorre a festa. Durante a espera eles discutem sua situação e têm contato com garçons e empregados, dirigidos por um mordomo autoritário, além de se depararem com situações bastante diferentes. Uma narrativa que rompe com as expectativas do público. Um filme muito bem produzido e muito destacado.
    Elenco: Adriano Stuart, Jorge Mautner, Iara Jamra, Otávio Augusto, Antonio Abujamra, Ney Latorraca, Patrícia Pillar, José Lewgoy.
    Prêmios em Festivais: Festival de Gramado, VI Rio-Cine Festival, Troféu APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte).

Mais atores premiados

1990
  • Stelinha

  • 14 prêmios.
  • Diretor, Miguel Faria Jr.
  • A cantora Stelinha foi uma verdadeira diva da MPB, ídolo do rádio. Hoje, decadente e solitária, circula pelas noites do Rio em busca de alguma emoção, indo sempre além do último copo. Por outro lado, o músico Eurico é
    um roqueiro em ascensão. O encontro desses dois provoca em Eurico compaixão e fascínio por uma figura muito importante e que marcou sua infância. Assim, decide ajudá-la a voltar a cantar. O envolvimento dos dois dá força a Stelinha, mas também a torna cada vez mais dependente de Eurico. De qualquer modo, é a única oportunidade de dar a volta por cima. Uma história comovente, de uma superação cativante.
    Elenco: Ester Góes, Marcos Palmeira, André Barros, Lília Cabral, João Camargo, Pedro Cardoso, Jorge Coutinho, André Estrela.
    Prêmios em Festivais: Festival de Gramado, Troféu APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte).

Mais atores premiados

1991
  • Não quero falar sobre isso agora

  • 4 prêmios.
  • Diretor, Mauro Farias
  • O carioca Daniel O'Neil é um aspirante a escritor que precisa realmente ir à luta quando Dora, sua namorada rica, o dispensa. Mas isso é só o começo de uma maré de azar. Ele também é expulso do hotel em Copacabana onde morava. Daniel recebe a ajuda de sua melhor amiga, Meg, e vai morar no pequeno apartamento. Porém, acaba se metendo em uma enrascada e colocando os dois em confusão ao pegar carona com Macula, um traficante procurado pela polícia, quem pede que Daniel guarde dois pacotes de cocaína.
    Elenco: Evandro Mesquita, Marisa Orth, Monique Lafond, Eliana Fonseca, Roney Facchini, Sandro Solviatti, Márcia Cabrita, Débora Olivieri.
    Prêmios em Festivais: Festival de Gramado.

Mais atores premiados

1992
  • Una Cuestión de Honor

  • Diretor, Sérgio Cabrera
  • Uma pequena aldeia localizada nos Andes tropicais tem sua paz perturbada, quando o professor e o açogueiro da cidade decidem duelar pelo amor da mesma mulher (Miriam).  O prefeito da cidade decide usar  o evento para fins políticos.

Mais atores premiados

1993
  • Un Lugar en el Mundo

  • 12 prêmios.
  • Diretor, Adolfo Aristarain


  • Elenco: Federico Luppi, José Sacristán, Cecilia Roth, Leonor Benedetto, Gastón Batyi, Lorena del Río.
    Prêmios em Festivais: Oscar Academy (Estados Unidos), Prêmio Goya (Espanha), Festival de San Sebastián (Espanha), Prêmio Cóndor de Plata (Asociación de Cronistas Cinematográficos de la Argentina), Festival Internacional de Cinema de Friburgo (Suíça), Festival de Cinema Ibero-americano de Gramado (Brasil).

Mais atores premiados

1994
  • Fresa y Chocolate

  • 4 prêmios.
  • Diretor, Tomás Gutierrez Alea e Juan Carlos Tabío
  • Essa coprodução Iberohispana conta a história de Diego, um jovem muito educado, homossexual e cético, quem se apaixona por David, um jovem comunista heterossexual cheio de preconceitos e ideias doutrinárias. Primeiro, aparecem a rejeição e receio, mas também a fascinação. Morango e chocolate apresenta a história de uma grande amizade entre dois homens, que supera a incompreensão e a intolerância.
    Elenco: Jorge Perugorría, Vladimir Cruz, Mirta Ibarra, Francisco Gattorno, Joel Angelino.
    Prêmios em Festivais: Oscar Academy (Estados Unidos), Festival de Berlim (Alemnha), Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado (Brasil).

Mais atores premiados

1995
  • Amnesia

  • 7 prêmios.
  • Diretor, Gonzalo Justiniano
  • Elenco: Julio Jung, Pedro Vicuña, José Secall, Marcela Osorio, Myriam Palacios, José Martín, Nelson Villagra.
    Prêmios em Festivais: Festival Internacional de Friburgo (Suíça), Festival Internacional de Berlim (Alemanha), Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado (Brasil), Festival de Cinema de La Habana (Cuba).

Mais atores premiados

1996
  • Quem matou Pixote?

  • 6 prêmios.
  • Diretor, José Joffily
  • Um filme emocionante! Narra a trágica e conturbada história de Fernando Ramos da Silva, um semi-analfabeto que ficou conhecido ao interpretar o papel-título em "Pixote - A Lei do Mais Fraco". Porém, quando a fama acabou, ele não conseguiu trabalho como ator, se desesperou e acabou enveredando pelo crime, como o personagem que interpretou.
    Elenco: Cassiano Carneiro, Luciana Rigueira, Joana Fomm, Tuca Andrada, Roberto Bomtempo, Carol Machado, Maria Luisa Mendonça, Antonio Abujamra, Paulo Betti.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado (Brasil).

Mais atores premiados

1997
  • For All – O Trampolim da Vitória

  • 6 prêmios.
  • Diretor, Buza Ferraz e Luiz Carlos Lacerda
  • Nessa história é relatada a convivência de brasileiros com soldados americanos na base de Parnamirim Field, em Natal (RN), durante a II Guerra Mundial. Cerca de 15.000 soldados americanos passaram pela base e suas presenças alteraram a estabilidade das famílias locais, trazendo não somente dólares e eletrodomésticos, mas também o glamour de uma cultura de Hollywood, a música das grandes bandas e a sensualidade de cantoras e atrizes famosas. Dentro desse contexto, a história se desenrola em torno de uma família de classe média, os Sandrini, que são abalados pelas novas circunstâncias: amores inesperados, reflexos de intrigas políticas, desafios aos preconceitos e testes para a coragem.
    Elenco: Betty Faria, José Wilker, Paulo Gorgulho, Caio Junqueira, Erik Svane, Alexandre Lippiani.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado (Brasil).

Mais atores premiados

1998
  • Pizza, birra y faso

  • 10 prêmios.
  • Diretor, Bruno Stagnaro e Israel Caetano
  • Um jovem chamado Cordobés vive com seus três amigos, Frula, Megabom e Pablo, na mesma casa, una casa invadida. E com sua parceira, que está grávida: Sandra. Essa turma de adolescentes marginais, formada quase ao azar, roda por Buenos Aires vivendo daquilo que sabe de melhor: roubar.
    Elenco: Héctor Anglada, Jorge Sesán, Pamela Jordán, Alejandro Pous, Walter Díaz, Adrián Yospe.
    Prêmios em Festivais: Condor de Plata (Argentina), Festival Internacional de Cinema de Friburgo (Suíça), Festival de Cinema Latino-americano de Toulouse (França), Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado (Brasil).

Mais atores premiados

1999
  • A Sombra dos Abutres

  • 3 prêmios.
  • Diretor, Leonel Vieira
  • Essa produção portuguesa apresenta a história de dois homens simples, modestos e apolíticos, os quais têm suas vidas transformadas para sempre quando eles se encontram caçados por agentes da ditadura que está no poder.
    Elenco: Vítor Norte, Diogo Infante, José Eduardo, José Wallenstein, Fátima Belo, Raquel Maria, Ivo Serra.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado (Brasil).

Mais atores premiados

2000
  • Pantaleón y Las Visitadoras

  • 6 prêmios.
  • Diretor, Francisco Lombardi
  • Nesse filme, baseado no clássico da Literatura Hispano-americana de Mário Vargas Llosa, temos Pantaleón Pantoja, um capitão do exército peruano, selecionado para realizar a missão secreta de organizar e administrar um serviço de visitadoras (prostitutas), que devem atender às tropas peruanas apostadas no rio Amazonas. Pantaleón é um homem íntegro, sério, responsável e bom esposo, dadas essas características ao princípio resiste a aceitar a missão, mas ao final aceita. Organiza de maneira séria e responsável o serviço de prostitutas ao qual chamará de "visitadoras", que realizam seu... trabalho... com os soldados. Consegue criar, então, um eficiente destacamento de "visitadoras" que suprem as necessidades dos soldados e ao mesmo tempo elas mesmas sentem que seu trabalho as "enobrece e dignifica". Lamentavelmente para Pantoja, tudo seguirá bem até se relacionar com Olga "la Colombiana", una integrante do esquadrão de visitadoras. Sensual e divertido, um filme delicioso de se assistir.
    Elenco: Salvador del Solar, Angie Cepeda, Mónica Sánchez, Pilar Bardem, Gianfranco Brero, Tatiana Astengo.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado (Brasil).

Mais atores premiados

2001
  • Memórias Póstumas de Brás Cubas

  • 5 prêmios.
  • Diretor, André Klotzel
  • Baseado no clássico da Literatura Brasileira obra homônima de Machado de Assis, esse filme mostra que após sua vida, no ano de 1869, Brás Cubas decide por narrar sua história e revisitar os fatos mais importantes dessa, a fim de se distrair na eternidade. Começa, então, a relembrar dos amigos, como Quincas Borba, da sua displicente formação acadêmica em Portugal, dos amores de sua vida e, ainda, do privilégio que teve de nunca ter precisado trabalhar em sua vida, sentindo-se aliviado por também nunca ter tido um filho. Um filme lindo e divertido.
    Elenco: Reginaldo Faria, Petrônio Gontijo, Marcos Caruso, Stepan Nercessian, Viétia Rocha, Débora Duboc, Otávio Müller, Walmor Chagas, Sônia Braga.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado, Grande Prêmio BR de Cinema.

Mais atores premiados

2002
  • Durval Discos

  • 9 prêmios.
  • Diretor, Anna Muylaert
  • O premiado filme de Anna Muylaert narra a história de Durval e sua mãe Carmita, que vivem há muitos anos na mesma casa onde funciona a loja Durval Discos, que já foi muito conhecida no passado, mas hoje passa por uma fase de decadência devido à decisão de Durval em não vender CDs e se manter fiel aos discos de vinil. Para ajudar sua mãe no trabalho de casa, Durval decide contratar uma empregada. O baixo salário acaba atraindo Célia, uma estranha candidata que chega junto com Kiki, uma pequena garota. Após alguns dias de trabalho Célia simplesmente desaparece, deixando Kiki e um bilhete avisando que voltaria para buscá-la dentro de 3 dias. Durval e Carmita ficam surpresos com tal atitude, mas acabam cuidando da garota. Até que, ao assistir o telejornal, mãe e filho ficam cientes da realidade em torno de Célia e Kiki.
    Elenco: Ary França, Etty Fraser, Marisa Orth, Letícia Sabatella, Rita Lee, Isabela Guasco, André Abujamra, Theo Werneck.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado, Grande Prêmio BR de Cinema, Cine PE – Festival do Audiovisual.

Mais atores premiados

2003
  • De Passagem

  • 11 prêmios.
  • Diretor: Ricardo Elias
  • O filme De Passagem entrelaça dois momentos bem distintos e marcantes na vida de três jovens da periferia paulistana. Jefferson e Washington são irmãos e amigos de Kennedy desde crianças. Quando crescem, Jefferson entra no Colégio Militar no Rio de Janeiro, Washigton e Kennedy entram para o tráfico de drogas. Após receber a notícia da morte de Washington, Jefferson volta a São Paulo e juntamente com Kennedy sai numa viagem pela cidade procurando o corpo de Washington. Nessa viagem, Jefferson e Kennedy lembram um acontecimento importante do passado.
    Elenco: Lohan Brandão, Thiago de Mello, Wilma de Souza, Priscila Dias, Rafael Garcia, Silvio Guindane, Mariana Loureiro, Lucélia Maquiavelli, Estevão Maya-Maya, Fabinho Nepo.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema Brasileiro de Miami (Estados Unidos), Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado.

Mais atores premiados

2004
  • Vida de Menina

  • 6 prêmios.
  • Diretora, Helena Solberg
  • Pouco após a abolição da escravatura e a proclamação da república no Brasil, Helena Morley começa a escrever seu diário, que revela seu universo e um país adolescente como a menina. Nesse momento da vida Helena é magra, desengonçada e sardenta, além de se achar feia. Não é boa aluna nem comportada como sua irmã, Luizinha, tendo o apelido de "Tempestade". Mas Helena, como nenhuma outra garota de Diamantina, escreve. É neste diário que Helena debocha e desmascara as pretensas virtudes alheias. Procurando com sofreguidão não perder uma infantil alegria de viver, e reinventando o mundo à sua maneira, Helena Morley é o diamante mais raro de Diamantina. Uma história encantadora e com uma alegoria muito bem trabalhada.
    Elenco: Ludmila Dayer, Daniela Escobar, Dalton Vigh, Maria de Sá, Camilo Bevilacqua, Lolô Souza Pinto, Benjamim Abras, Lígia Cortez.
    Prêmios em Festivais: Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro, Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Prêmio Qualidade Brasil, Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado.

Mais atores premiados

2005
  • Gaijin – Ama-me como sou

  • 4 prêmios.
  • Diretora, Tizuka Yamasaki
  • A continuação da saga da imigração japonesa é retomada por Tizuka Yamazaki, dessa vez, em 1908, chega ao Brasil Titoe, japonesa que vem ao país na intenção de conseguir dinheiro com seu trabalho para, então, retornar ao Japão e poder seguir sua vida em seu país. Em 1935, já com sua filha Shinobu nascida e com dinheiro insuficiente para retornar ao Japão, Titoe decide comprar seu primeiro lote de terras em Londrina. A 2ª Guerra Mundial e suas consequências para o Japão acabam adiando ainda mais os planos de Titoe em retornar ao país, principalmente após Kazumi e Maria, seus netos, nascerem. Já crescida, Maria se casa com Gabriel, gaijin filho de pai espanhol e mãe italiana, com quem tem dois filhos: Yoko e Pedro. Os negócios de Gabriel vão bem, até que o confisco feito pelo Governo Collor em 1990 o leva à falência. Sem alternativas, Maria e as crianças vão morar com Titoe, enquanto Gabriel embarca para Kobe, província japonesa, na intenção de trabalhar temporariamente e juntar dinheiro para a família.
    Elenco: Tamlyn Tomita, Jorge Perugorría, Nobu McCarthy, Kyoko Tsukamoto, Eda Nagayama, Kissei Kumamoto, Luís Melo, Zezé Polessa, Louise Cardoso.
    Prêmios em Festivais: Prêmio ACIE de Cinema, Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado.

Mais atores premiados

2006
  • Pro dia nascer feliz

  • 3 prêmios.
  • Diretor, João Jardim
  • Um documentário magistral, denso e profundo. Nele aparecem as situações que o adolescente brasileiro enfrenta no precário sistema de educação público do país, envolvendo preconceito, precariedade, violência e
    esperança. Adolescentes de locais dos mais variados tipos de três estados diferentes, de classes sociais distintas, falam de suas vidas na escola, seus projetos e inquietações.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema Latino e Brasileiro de Gramado.

Mais atores premiados

2007
  • Castelar e Nelson Dantas no País dos Generais

  • 5 prêmios.
  • Diretor, Carlos Alberto Prates
  • Um filme provocativo, que desperta muitas reações. Em Minas, nos anos da ditadura militar, cineastas atormentados pelos personagens de seus filmes lançam a pergunta fulminante: por que as mulheres são tão belas? Nenhum cometeu o erro de imaginar que a razão fosse o vestido. Mesmo quando as mulheres se encontram bem cobertas, a nudez sob as vestes pode ser possuída pelos olhos do bicho homem. Basta que ele saiba olhar com concentrada gana.
    Elenco: Tavinho Moura, Priscila Assum, Rafaela Amado, Andrea Dantas, Lina de Carlo, Regina Coelho, Leilany Fernandes.
    Prêmios em Festivais: Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), Festival de Cinema de Gramado.

Mais atores premiados

2008
  • Nome Próprio

  • 3 prêmios.
  • Diretor, Murilo Salles
  • Nesse filme de Murilo Salles, Camila tem a escrita como sua grande paixão. Intensa e corajosa, ela busca criar para si uma existência complexa o suficiente para que possa escrever sobre ela. Ela escreve compulsivamente em um blog, só que isso faz com que também fique isolada e que só consiga ver duas opções na vida: se matar ou encontrar o grande amor - o que vier primeiro.
    Elenco: Leandra Leal, Frank Borges, Luciana Brites, Juliano Cazarré, David Cejkinski, Milhem Cortaz, Alex Disdier.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema de Gramado.

Mais atores premiados

2009
  • Corumbiara

  • 5 prêmios.
  • Diretor, Vincent Carelli
  • Em mais um bem sucedido documentário brasileiro, temos a história do massacre indígena, ocorrido em 1985, na Gleba Corumbiara, no sul de Rondônia. Tragédia essa que teria sido causada pelos fazendeiros de gado da região que não queria que as terras fossem demarcadas pela Funai, algo que impediria a exploração comercial delas. De tão bárbaro que foi, o fato ganhou fama de "fantasia" e caiu no esquecimento. Mas, a partir do resto das evidências, e buscando pelos sobreviventes, o diretor Vincent Carelli passou 20 anos para entender essa história, além de abrir espaço para uma autocrítica das estratégias indígenas.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema de Gramado.

Mais atores premiados

2010
  • Bróder

  • 9 prêmios.
  • Diretor, Jefferson De
  • Na periferia de São Paulo, no bairro do Capão Redondo, Macu, Jaiminho e Pibe são amigos desde a infância e seguiram caminhos distintos ao crescer. Jaiminho tornou-se jogador de futebol, alcançando a fama. Pibe vive com Cláudia e tem um filho com ela, precisando trabalhar muito para pagar as contas de casa. Já Macu entrou para o mundo do crime e está envolvido com os preparativos de um sequestro. Uma festa surpresa, organizada por dona Sonia, mãe de Macu, faz com que os três amigos se reencontrem. Em meio à alegria pelo reencontro, a sombra do mundo do crime ameaça a amizade do trio.
    Elenco: Caio Blat, Jonathan Haagensen, Sílvio Guindane, Cássia Kiss, Ailton Graça, Gustavo Machado, Cintia Rosa, Lidi Lisboa, Du Bronks, Eduardo Acaiabe, Márcia de Oliveira.
    Prêmios em Festivais: Festival Paulínia de Cinema, Festival de Cinema de Gramado.

Mais atores premiados

2011
  • Uma Longa Viagem

  • 4 prêmios.
  • Diretor, Lúcia Murat
  • Esse incrível documentário de Lúcia Murat revela a história de três irmãos, tendo como fio condutor a trajetória do mais novo. Que viaja para Londres em 1969, enviado pela família para que não participasse da luta armada contra a ditadura no Brasil, seguindo os passos da irmã, que acabou tornando-se presa política. Misturando depoimentos e memórias dos irmãos com nove anos passados no exterior pelo caçula, o filme detalha cartas e também entrevistas com ele, que chegou a ser internado em instituições psiquiátricas. Um relato triste e ao mesmo tempo bem humorado de um núcleo familiar e suas convicções.
    Elenco: Caio Blat, no papel de Heitor.
    Prêmios em Festivais: Festival Paulínia de Cinema, Festival de Cinema de Gramado.

Mais atores premiados

2012
  • Colegas

  • 9 prêmios.
  • Diretor, Marcelo Galvão
  • Stallone, Aninha e Márcio eram grandes amigos e viviam juntos em um instituto para pessoas com Síndrome de Down, ao lado de vários outros colegas. Um belo dia, surge a ideia de sair dali para realizar o sonho individual de cada um e inspirados pelos inúmeros filmes que já tinham assistido na videoteca local. Eles roubam o carro do jardineiro e fogem de lá. A imprensa começa a cobrir o caso e a polícia não gostou nem um pouco dessa "brincadeira". Para resolver o problema, coloca dois policiais trapalhões no encalço dos jovens, que só querem realizar os seus sonhos e estão dispostos a viver essa grande aventura, que vai ser revelar repleta de momentos inesquecíveis
    Elenco: Ariel Goldenberg, Rita Pokk, Breno Viola, Lima Duarte, Rui Unas, Deto Montenegro, Leonardo Miggiorin, Marco Luque, Juliana Didone.
    Prêmios em Festivais: Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Festival de Cinema Latino-Americano de Trieste (Itália), 6º Festival de Cinema com Deficiência Breaking Down Barriers (Rússia), Prêmio Jovem Brasileiro, Festival de Cinema de Gramado.

Mais atores premiados

2013
  • Tatuagem

  • 9 prêmios.
  • Diretor, Hilton Lacerda
  • Em plena Ditadura Militar, no Recife em 1978, Clécio Wanderley lidera a trupe teatral Chão de Estrelas, que realiza shows repletos de deboche e com cenas de nudez. A principal estrela da equipe é Paulete, com quem Clécio mantém um relacionamento. Um dia, Paulete recebe a visita de seu cunhado, o jovem Fininha, que é militar. Encantado com o universo criado pelo Chão de Estrelas, ele logo é seduzido por Clécio. Não demora muito para que eles engatem um tórrido relacionamento, que o coloca em uma situação dúbia: ao mesmo tempo em que convive cada vez mais com os integrantes da trupe, ele precisa lidar com a repressão existente no meio militar em plena ditadura.
    Elenco: Irandhir Santos, Jesuíta Barbosa, Rodrigo García, Sílvio Restiffe, Sylvia Prado, Ariclenes Barroso.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema do Rio, 57º Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), Festival de Cinema de Gramado.

Mais atores premiados

2014
  • Estrada 47

  • Diretor, Vicente Ferraz
  • Na Segunda Guerra Mundial, o Brasil era aliado dos Estados Unidos, Inglaterra e França. Na época, foram encaminhados mais de 25 mil soldados da FEB (Força Expedicionária Brasileira) para combater os inimigos, representados pelo Eixo: Alemanha, Itália e Japão. Quase todos de origem pobre e, em sua maioria, despreparados para o combate, os pracinhas tiveram que aprender na prática a lutar pela sobrevivência. Depois de sofrerem um ataque de pânico coletivo, no sopé do Monte Castelo, os soldados Guimarães, Tenente, Piauí e Laurindo tentam descer a montanha, mas acabam se perdendo uns dos outros. Quando conseguem se reencontrar, precisam decidir se retornam para o batalhão e correm o risco de enfrentar a Corte Marcial por abandono de posto, ou voltam para a posição da noite anterior e se arriscam a enfrentar um ataque surpresa do inimigo. É quando conhecem o jornalista Rui, que conta sobre um campo minado ativo e eles acham ser essa a chance de se redimirem da mancada que cometeram, mas muita coisa ainda está por acontecer e a guerra está longe de acabar. Um filme que introduz uma no estética no cinema nacional, vale a pena conferir.
    Elenco: Sergio Rubini, Daniel de Oliveira, Thogun, Francisco Gaspar, Júlio Andrade, Ivo Canelas, Richard Sammel, José Trassi, Daniele Grassetti, Giorgio Vicenzotti.
    Prêmios em Festivais: Festival de Cinema de Gramado.

Mais atores premiados

2015
  • Ausência

  • Diretor, Chico Teixeira
  • Nesse filme de Chico Teixeira, Serginho é um menino de 14 anos, muito mais maduro que os outros jovens de sua idade. Ele cuida de seu irmão mais novo, Wiliam, e de sua mãe ausente e alcoólatra, Luzia. Trabalhando em uma barraca de feira com seu tio Lazinho, ele só se diverte ao lado de Mudinho, um amigo com quem divide sua intimidade. O único adulto com quem Serginho tem um relacionamento de afeto é o professor Ney, que o ajuda com o dever de casa durante a noite. A confusão entre o despertar de sua sexualidade e a busca de uma figura paterna faz Serginho perceber que ele está sozinho no mundo. Delicado e profundo, propõe uma bela reflexão a respeito do complexo mundo adolescente.
    Elenco: Matheus Fagundes, Irandhir Santo

Mais atores premiados

2016
  • "Barata Ribeiro, 716"

  • Melhor longa-metragem brasileiro
  • sinopse: Este é um filme onde os personagens principais estão quase o tempo todo totalmente bêbados. É a fábula da fase do álcool, da mais intensa boêmia copacabanense que termina no golpe de 64. Era o auge do samba-canção de Antônia Maria e Dolores Duran em reação, talvez, ao cinema americano, onde, depois do primeiro, aparecia "The End" na tela e todos eram felizes para sempre. Uma boêmia apaixonada e desvairada como nunca houve outra. (fonte: catálogo festival 2016)

Mais atores premiados

Veja mais

/Nossas outras sessões